Vereadores visitam Usina Canabrava em Campos

Os integrantes da Comissão de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento, Edi da Silva, Milton Pessanha e Jorginho Ruço, o presidente do Legislativo, Nilton Pinto e os vereadores Chiquinho Arué, Junio Selem e Jorginho Barboza, participaram na última segunda-feira (08) de uma visita técnica a Usina Canabrava, localizada em Campos dos Goytacazes.  O grupo foi acompanhado pelo presidente da Cooperativa de Produtores Rurais de Quissamã, João de Nilo.
A visita teve o objetivo de conhecer a usina Canabrava que pertence ao engenheiro civil Ludovico Giannattasio, cuja família é produtora de cana na região de Campos, e foi inaugurada em novembro de 2009, entre Campos e São Francisco do Itabapoana. O empreendimento compreende uma destilaria de álcool e uma unidade de produção de energia elétrica.
 A comitiva foi recebida pelo Controller Adriano Kill e o Gerente Industrial Marcos Braguini. Segundo o presidente da COOPQ João de Nilo, o empresário tem interesse em construir uma usina nesses mesmos moldes no município. O local para a instalação da filial seria na localidade de Cerejeiras, onde o grupo já adquiriu cerca de 12 alqueires.
O presidente da Comissão Edi da Silva, ficou satisfeito com o interesse do grupo, que já conta com uma unidade funcionando em Campos e mostrou grande potencial para se instalar em Quissamã. “O município tem um histórico de cultura canavieira, e a possibilidade de ter novamente uma usina funcionando é o sonho de muitos quissamaenses e a chance de ver nossa economia crescer independente dos royalties”, destacou.
Para o vereador Chiquinho Arué o grupo mostrou interesse em investir no município e potencial para gerar muitos empregos para a população além de fortalecer a economia e a produção de cana-de-acúçar. “Eu trabalhei por 12 anos na Usina Quissaman e o que vi na Canabrava foi um grupo forte, com uma tecnologia de ponta e capacidade de gerar muitos empregos para os quissamaenses.
Preocupado com a geração de empregos o vereador Juninho questionou aos gerentes do empreendimento que tipo de mão de obra técnica seria absorvida pela usina, para que o município esteja preparado para qualificar esses trabalhadores. Segundo o Controller, Adriano Kill, serão necessários profissionais técnicos em mecânica, elétrico, instrumentação e em açúcar e álcool.
O presidente do Legislativo Nilton Pinto ficou satisfeito com a visita e acredita que todos os esforços para fortalecer nossa economia são válidos, ele espera que a usina seja implantada no município e possa de fato trazer uma nova perspectiva de crescimento para Quissamã. “O que todos queremos é um município com uma economia forte que garanta emprego e renda para a população”, disse.
No próximo dia 11(quinta-feira) acontece no auditório da prefeitura a partir das 19h, uma Audiência Pública para apresentar a proposta da instalação da usina para a comunidade. Os vereadores ressaltam a importância de a população participar dessa audiência para conhecer o projeto e se preparar para as novas vagas de empregos que o empreendimento vai gerar.
Inicialmente a usina pode gerar em Quissamã cerca de 200 empregos diretos, podendo chegar a mais de mil indiretos. No projeto que será apresentado a população o funcionamento da usina está previsto para maio de 2012 e vai contar com uma das estruturas mais modernas do estado e com sistema único de software no Brasil.
...
Fonte: Ascom Câmara Municipal de Quissamã 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O GenteAtual é sua revista eletrônica na web, com um clipping das notícias mais importantes do inteior do RJ.